Porsche European Open

Golfe. Lima quebra seca de cuts

Melo Gouveia eliminado

Foi um dia em cheio no Porsche European Open, o torneio alemão de 2 milhões de euros em prémios monetários que ontem (Sábado) concluiu a segunda volta, definiu o cut e realizou toda a terceira ronda.

A estrela norte-americana da Ryder Cup Patrick Reed fez um albatroz no último buraco da segunda volta com uma madeira 5; o alemão Marcel Siem, a jogar o seu 400º torneio na primeira divisão europeia, fez um hole-in-one no buraco 17 e foi premiado com um automóvel da marca de luxo alemã; o inglês Jordan Smith, que há dois anos andava a ganhar torneios no Algarve Pro Golf Tour e que no ano passado foi o nº1 do Challenge Tour, assumiu pela primeira vez a liderança de um torneio do European Tour, com 204 pancadas, 12 abaixo do Par, depois de voltas de 70, 67 e 67.

Enquanto isso, Ricardo Melo Gouveia, que já tinha terminado a sua segunda volta na sexta-feira, ficou a saber que estava oficialmente fora do cut, enquanto Filipe Lima passou apenas o seu quinto cut esta época, travando uma série de quatro cuts falhados consecutivamente.

Filipe Lima também tinha conseguido jogar toda a sua segunda volta na sexta-feira, em 71 pancadas, 1 abaixo do Par do Green Eagle Golf Course, em Hamburgo, depois de na quinta-feira ter maravilhado com 68 pancadas, 4 abaixo do Par.

Stuart McDermid, o caddie britânico de Filipe Lima esta semana, tem estado a fazer breves análises de cada jornada e considerou que na segunda volta «as coisas poderiam ter sido melhores se os putts tivessem caído, mas sempre foi outra volta abaixo do Par». Nesse dia à tarde uma trovoada impediu que se continuasse a jogar.

Já no terceiro e penúltimo dia de prova, o campeão nacional jogou pela primeira vez acima do Par, com 73 ( 1) e o seu caddie admitiu que «foi duro, mas aguentou-se com um final limpo», referindo-se aos últimos seis buracos jogados em -2 sem perder pancadas.

Filipe Lima está no grupo dos 30º classificados, com 212 (-4), enquanto Ricardo Melo Gouveia, que teve a pouca sorte de falhar o cut por 1 pancada, fechou a sua prestação com 144 (73 71), Par, no 75º posto empatado.

«Alguns erros no back nine de ontem custaram-me caro», comentou Ricardo Melo Gouveia no Twitter, onde informou que irá estar agora parado duas semanas antes de regressar ao European Tour.