Vida

Angelina Jolie responde a acusações de exploração infantil

A atriz esclareceu a polémica sobre estar a ser acusada de exploração infantil, durante o processo de escolha de atores do filme “First They Killer My Father”.


Angelina Jolie garantiu, em comunicado, que nunca enganou as crianças durante os castings para a escolha do elenco do seu próximo filme. "Fico transtornada por se estar a escrever sobre um exercício de improvisação, numa cena de um filme, como se este fosse um cenário real", disse a atriz.

A explicação de Jolie surge após a polémica gerada pelo processo de escolha da atriz que desempenharia o papel de Loung Ung na sua infância, no filme "First They Killed My Father".

De acordo com a "Vanity Fair", os realizadores ‘colocavam’ dinheiro na mesa e pediam às crianças que pensassem numa coisa que podiam ter com aquele dinheiro, para depois o retirarem novamente.

"A sugestão de que dinheiro verdadeiro tenha sido tirado a uma criança durante uma audição é falsa e perturbadora. Eu própria sentir-me-ia ultrajada se isso tivesse acontecido", pode ler-se no comunicado.

A atriz garantiu que todas as medidas foram tomadas para "assegurar a segurança, o conforto e o bem-estar das crianças no filme, começando pelas audições e passando pela produção até ao presente".