LifeStyle

Solidão pode ser mais prejudicial do que a obesidade

O isolamento social pode ser um perigo para a saúde.

De acordo com um estudo apresentado na Convenção Anual da Associação Americana de Psicologia, em Washington, EUA, a solidão e o isolamento social pode ser mais prejudicial à saúde do que a obesidade.

A investigação fez duas análises. A primeira, que envolveu 300 mil participantes, revelou que uma maior relação social está associada a uma redução em 50% no risco de morte prematura. Num segundo estudo, que envolveu mais de três milhões de participantes, revelou que a solidão pode comportar um maior risco de morte do que, por exemplo, a obesidade.

“Há provas de que o isolamento social e a solidão aumentam o risco de mortalidade prematura”, refere Julianne Holt-Lunstad, professora de psicologia da Universidade de Brigham Young.