Internacional

Angola. José Eduardo dos Santos já votou nas primeiras eleições às quais não se candidata

Presidente angolano abandona liderança do país depois de 38 anos no poder

O homem que ocupa o cargo da Presidência da República de Angola desde 1979 já votou, esta quarta-feira, para eleger o seu sucessor após 38 anos.

José Eduardo dos Santos votou com a mulher, Ana Paula dos Santos, em Luanda, sob fortes medidas de segurança e com um grande aparato mediático.

O chefe de Estado cumprimentou os observadores internacionais presentes, como José Ramos Horta, antigo Presidente de Timor, Joaquim Chissano, antigo Presidente de Moçambique, e José Maria Neves, antigo Presidente de Cabo-Verde, mas não quis prestar declarações aos jornalistas.

José Eduardo dos Santos votou cerca de uma hora e meia depois de terem aberto as urnas, às 7h. Existem 9,3 milhões de angolanos recenseados para votar e escolher um dos seis candidatos à sucessão do ainda Presidente. A votação encerra às 18h.

De sublinhar que a votação para a presidência não é direta, os eleitores votam antes para a escolha dos 220 deputados, sendo que o cabeça-de-lista do partido mais votado será nomeado chefe de Estado.