Agricultura

Danone leva vacas para a Sibéria

A Danone investiu numa quinta na Sibéria para a qual vai levar milhares de vacas. O objetivo é tentar reduzir o preço da produção de leite, cada vez mais caro na Rússia devido à proibição de importação de produtos láteos da União Europeia. 

De acordo com a agência Bloomberg, a empresa francesa está a transportar a partir da Holanda e da Alemanha quase cinco mil vacas para uma quinta de 60 hectares perto da cidade de Tyumen. 

Apesar de a Danone não ter por regra investir em agricultura, decidiu abrir uma excepção na Rússia. Depois da proibição da importação de produtos lácteos da União Europeia, a procura por leite disparou com os produtores locais a serem obrigados a substituir o queijo francês camembert e o italiano pecorino. O que exacerbou os efeitos inflacionistas da fraqueza do rublo.

"Esperamos que a inflação do leite na Rússia diminua no próximo ano", disse Charlie Cappetti, citado pela Bloomberg.

Uma vez que a produção russa de leite é insuficiente para satisfazer as necessidades de consumo, o resultado tem sido uma subida generalizada do preço do leite, que deverá acabar 2017 com preços 14% acima dos de 2016.