INE

PIB cresce 2,9% no segundo trimestre

A economia portuguesa continua a crescer. De acordo com os dados do INE revelados ontem,  “o Produto Interno Bruto (PIB) aumentou, em termos homólogos, 2,9% em volume no segundo trimestre de 2017 (taxa de 2,8% no trimestre anterior)”, puxado pela procura externa e pelo investimento.

Este valor representa o crescimento homólogo mais elevado desde o quarto trimestre de 2000 – 3,8% do PIB. 

O INE (Instituto Nacional de Estatística) aponta que  “a procura externa líquida manteve um ligeiro contributo positivo para a variação homóloga do PIB, verificando-se uma desaceleração em volume das Exportações de Bens e Serviços de magnitude idêntica à observada nas Importações de Bens e Serviços”.

O destaque do INE revela ainda que “a procura interna manteve um contributo positivo elevado, superior ao do trimestre precedente, em resultado da aceleração do Investimento”.

O organismo oficial de estatísticas revela ainda que por comparação com os três primeiros meses de 2017 “o PIB aumentou 0,3% em termos reais (variação em cadeia de 1% no trimestre anterior)”.

Aqui “o contributo da procura externa líquida para a variação em cadeia do PIB foi negativo, verificando-se uma ligeira redução das Exportações de Bens e de Serviços” Já o “contributo positivo da procura interna aumentou devido ao comportamento do Investimento”.