OLX

Contratação de 100 pessoas em Lisboa

O grupo OLX quer contratar mais 100 trabalhadores até final do ano para o centro tecnológico de Lisboa.

Em comunicado, a empresa revelou que com esta contratação, o centro tecnológico de Lisboa, que apoia 40 países em todo o mundo, passará a contar com 200 pessoas, servindo o reforço da equipa para dar suporte a portais internacionais.

Segundo a OLX, na capital portuguesa, estará o desenvolvimento vários projetos online internacionais, de grande dimensão, nos segmentos automóvel e imobiliário. Entre estes o destaque vai para os sites imobiliários Storia ou Otodom e do setor automóvel Stradia, Otomoto e Autovit.

“As novas vagas pretendem reforçar as equipas de internet e mobile e os perfis procurados estão relacionados com as áreas tecnológicas, tais como engenheiros de software (software engineers), engenheiros de sistemas (system engineers), data scientists, gestores de produtos e especialistas UX/UI, entre outros”, diz o comunicado.

No centro desenvolvem-se também soluções de CRM para os utilizadores profissionais de América Latina, Ásia, Europa e em breve África e das 100 pessoas a contratar, perto de 20% serão oriundas de fora de Portugal.

"A partir deste centro tecnológico são desenvolvidas novas funcionalidades para portais e 'apps' líderes mundiais, e é a partir de Lisboa que são também criados e desenvolvidos novos projetos para mercados com enorme potencial, como a Índia, Indonésia e América Latina. Queremos continuar a apostar nesta estratégia vencedora e juntar novos talentos a este grande projeto em Portugal", disse Tim Hilpert, presidente do grupo OLX para a Europa.

Além de Lisboa, o grupo tem centros tecnológicos em Berlim (Alemanha), Deli (Índia) e Buenos Aires (Argentina) Em todo o mundo, o grupo emprega quase 4000 pessoas.

Além dos trabalhadores do centro tecnológico, o grupo emprega mais cerca de 50 funcionários no país que dão apoio aos sites que tem em Portugal - Standvirtual, Imovirtual e OLX -e ainda trabalho administrativo.

"Este centro tecnológico é um local de excelência para aprender e desenvolver a carreira numa empresa líder mundial e com muitas oportunidades em todo o mundo. Entre criar e lançar produtos para novos mercados e manter a inovação em outros, são muitos os desafios tecnológicos que temos para oferecer aos profissionais em Portugal", afirma Rui Franco, VP de Engenharia do grupo.

De acordo com o comunicado, “o talento técnico em Portugal foi a principal razão para a criação deste centro tecnológico em Lisboa”.