Desporto

Ederson deixa Man. City-Liverpool de maca (com vídeo)

O ex-guarda-redes do Benfica foi atingido em cheio na face por Sadio Mané, que foi expulso de pronto

Imagens arrepiantes que chegam de Inglaterra. No encontro entre o Manchester City e o Liverpool, o guardião ex-Benfica Ederson, agora a jogar nos Citizens, foi vítima de uma entrada duríssima de Sadio Mané ainda antes do intervalo, acabando por abandonar o relvado de maca e com uma máscara de oxigénio.

O embate entre os dois jogadores deu-se aos 36 minutos, numa disputa de bola fora da grande área e já com o City a vencer por 1-0, graças a um golo de Aguero aos 25 minutos. Mané foi imediatamente expulso pelo árbitro, depois de acertar em cheio com a bota na face do guarda-redes brasileiro, embora não o tenha feito com a intenção de agredir o adversário.

Ederson esteve alguns minutos a receber assistência e acabou por deixar o relvado de maca, imobilizado, ao som de aplausos de todo o estádio, sendo substituído pelo chileno Claudio Bravo. A poucos instantes do fim da partida, todavia, imagens televisivas mostraram o guarda-redes brasileiro a caminhar no estádio pelo próprio pé, com um penso na face esquerda, e entretanto o próprio já se dirigiu aos fãs nas redes sociais. "Olá a todos. Estou bem, foi um susto. Importante vitória", escreveu o guardião.

O City acabou por trucidar o Liverpool: 5-0. Aguero, como já se disse, abriu a contagem aos 25'; em cima do intervalo, Gabriel Jesus fez o segundo da equipa da casa, e seria novamente o brasileiro a faturar aos 53', a passe de Aguero depois de mais um grande apontamento de De Bruyne, que fez uma exibição extraordinária. Pouco depois, Gabriel Jesus deu o seu lugar a Sané, e o internacional alemão acabaria por apontar os últimos dois golos dos Citizens, aos 77' e 90'+1', selando assim a primeira vitória de Pep Guardiola sobre Jurgen Klopp na Premier League.