Sociedade

Jovem exige indemnização milionária após ser humilhado na SIC

Ministério Público deu razão ao jovem 


Daniel Rebelo está a exigir uma indemnização de 100 mil euros à estação de Carnaxide e à produtora FremantleMedia Portugal, depois de ter sido publicamente humilhado num dos castings dos “Ídolos”, em maio de 2015.

Num vídeo transmitido durante um dos episódios, Daniel Rebelo viu o seu aspeto físico a ser alterado, nomeadamente na zona da cabeça, onde vê as orelhas aumentadas.

O jovem deixou de ir à escola devido à humilhação por que passou, acabando por sofrer de depressão. Desde então Daniel ficou convencido que “tinha mesmo as orelhas enormes" e só terá regressado à normalidade depois de ter arranjado uma clínica que o operou gratuitamente, diz o Jornal de Notícias.

Agora o Ministério Público deu razão ao jovem que acusou de difamação seis profissionais da SIC, entre elas, Júlia Pinheiro e Gabriela Sobral.

Daniel diz-se “humilhado, rebaixado e difamado cobardemente”, e exige uma indemnização de 100 mil euros.

"Os arguidos, através de efeitos especiais e manipulação de imagem, transmitiram imagens das orelhas do assistente [Daniel Rebelo] sempre a aumentar de forma ridícula e exagerada", refere a acusação.