Internacional

EUA simulam bombardeamento da Coreia do Norte

Coreia do Sul também terá participado na simulação

Na sequência do lançamento de um míssil balístico de Pyongyang que sobrevoou o Japão, na sexta-feira, os EUA simularam um bombardeamento sobre a Península da Coreia, utilizando quatro caças F-35B e dois bombardeiros B-1B.

Na simulação terão também participado quatro caças sul-coreanos F-15K, segundo agência de notícias Ynohap que cita fontes do governo de Seul.

A Coreia do Sul, os EUA, e o Japão vão realizar um exercício antimísseis no fim do mês, informou hoje um porta-voz do Ministério da Defesa sul-coreano.

De sublinhar que a simulação de hoje e o exercício conjunto, que se realizará no final de setembro, ocorrem após Pyongyang ter lançado dois projéteis que deixaram o Japão em alerta, por terem sobrevoado o país.

O exercício pretende também calar as dúvidas, que se têm levantado, sobre as capacidades reais dos aliados para a interceção de um míssil norte-coreano.