Internacional

Tranquilidade em Luanda

Numa cidade de grande agitação, o dia de hoje, o das Eleições Gerais, tem sido de uma enorme tranquilidade. A afluência às urnas tem sido pacifica e ordeira. As autoridades policiais são apenas vistas junto das assembleias de voto e o fluxo de trânsito é semelhante ao dos fim-de-semana e do período de férias.

a restauração, preocupação de muitos dos habitantes de luanda, que até ontem acorreram aos principais supermercados para um abastecimento tido de recurso, está a funcionar em pleno, salvo raras excepções e em estabelecimentos focados no mercado de trabalho.

numa ronda, feita pela equipa de reportagem do sol, pelas sedes dos principais partidos ou coligações, como o mpla, unita e casa-ce, por volta das 16 horas, a afluências de militantes e simpatizantes ainda era praticamente nula.

segundo dados recolhidos junto das principais assembleias de voto nas zonas da ingombota, sagrada família e maianga a afluência às urnas era tida como normal. técnicos da comissão nacional eleitoral (cne) disseram ao sol não terem registado qualquer «anomalia».

processo eleitoral continua depois da hora prevista para o fecho das assembleias de voto

carlos.ramos@sol.co.ao