Internacional

Furacão Maria volta a ser de categoria 5 depois de ter arrasado Dominica

Dominica perdeu "tudo o que o dinheiro pode comprar e substituir", afirmou o primeiro-ministro desta Ilha das Caraíbas, Roosevelt Skerrit

O Maria voltou a ser classificado de categoria 5, após ter caído para categoria 4 durante a noite, segundo o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos. O furacão, "potencialmente catastrófico", ameaça agora Guadalupe.

Após ter devastado a ilha de Dominica, a tempestade ganhou ainda mais força, havendo previsão de ventos de 260 quilómetros por hora.

O primeiro-ministro daquela ilha das Caraíbas pede todo o tipo de ajuda, essencialmente para conseguir salvar vítimas. “O meu foco agora é resgatar e garantir assistência médica para os feridos”, escreveu Roosevelt Skerrit no Facebook.

Os habitantes de Dominica perderam "tudo o que o dinheiro pode comprar e substituir". "O vento levou o telhado das casas de quase todas as pessoas com as quais falei. O telhado da minha própria residência oficial foi um dos primeiros afetados", contou.

Há dez dias as mesmas Caraíbas que foram devastadas pelo furacão Irma continuam em estado de alerta por causa do Maria, sendo que o alívio de ter passado a tempestade tropical de nível 4 foi de pouca dura, uma vez que ‘recuperou’ para categoria 5, sendo considerado um furacão "potencialmente catastrófico”.