Vida

Óculos em chão de museu confundidos com obra de arte

Umas das obras era um um peluche embrulhado num cobertor

Um adolescente desiludido com as obras de arte no Museu de Arte Moderna de São Francisco, nos Estados Unidos, resolveu fazer um pequeno teste aos visitantes.

O museu tinha exposto como obras de arte, objetos do quotidiano em situçãos corriqueiras, como um peluche embrulhado num cobertor, uma instalação cujo sentido ou valor passou despercebido aos olhos de Tj Khayatan e dos seus amigos, que afirmaram não perceber como podia aquilo impressionar alguém.

Resolveram fazer uma experiência, colocaram uns óculos no chão do museu e afastaram-se para ver qual seria a reação dos visitantes que por ali passavam.

Não demorou muito até que a primeira pessoa parasse perante o que julgava ser uma obra de arte, observando-a e avaliando-a mentalmente. Houve até quem se ajoelhasse para melhor fotografar os óculos.

Mais tarde, o jovem partilhou a experiência com fotografias dos visitantes com a ‘pseudo’ obra de arte, e a história está a tornar-se viral.