Desporto

Inglaterra. Cântico alusivo ao... pénis de Lukaku considerado de teor racista (com vídeo)

Avançado belga tem feito furor nos primeiros meses ao serviço do Manchester United


Lukaku está a protagonizar um excelente início de temporada no Manchester United: com sete golos em sete jogos, o avançado belga rapidamente se tornou um ídolo dos adeptos da equipa orientada por José Mourinho.

Por essa razão, e como é apanágio dos adeptos ingleses, o ex-goleador do Everton tem já um cântico personalizado que lhe é dedicado a cada jogo. E é esse mesmo cântico que está na mira do grupo anti-discriminação "Kick It Out", que já entrou mesmo em contacto com o clube para pedir que os adeptos parassem de cantar a música nas bancadas.

A razão do apelo é o de que a letra do referido cântico, na visão daquele grupo, tem um teor racial. "Os estereótipos racistas nunca são aceitáveis, independentemente de qualquer intenção de mostrar apoio para um jogador. Contactámos o Manchester United em relação a isto e vamos trabalhar em estreia colaboração com eles e com a Associação de Futebol para garantir que fique resolvido rapidamente", referiu um porta-voz da organização.

Isto tudo porque, além de exaltar a aptidão do belga para marcar golos, o referido cântico faz uma alusão explícita ao suposto tamanho… do pénis de Lukaku, o que é visto pela "Kick It Out" como uma referência preconceituosa em relação ao tamanho do pénis dos indivíduos de raça negra. "He's got a 24inch penis" ("Ele tem um pénis de 61 centímetros") é o trecho da polémica.

O Manchester United já reagiu, revelando estar a tentar averiguar se o cântico pode, de facto, ser considerado racista.

Oiça aqui o cântico e tire as suas conclusões.