Sociedade

Mãe do menino atropelado por comboio na Guarda foi libertada

A mulher já foi ouvida pelo Ministério Público.

A mãe do menino que foi colhido mortalmente por um comboio na Guarda foi libertada na tarde desta sexta-feira, avança o Jornal de Notícias.

A mulher de 23 anos tinha sido detida pelo crime de exposição ou abandono. A mãe do menino já terá sido ouvida pelo Ministério Público.

O menino de dois anos e meio foi colhido por um comboio no apeadeiro de Sobral da Serra, na Guarda, na quinta-feira, pelas 13h30.