Sociedade

ASAE apreende seis toneladas de queijo com água oxigenada

A água oxigenada serve para ocultar a falta de qualidade higiénica do leite

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu seis toneladas de queijo amanteigado numa unidade de produção de queijo da zona centro.

Em causa estava a presença de água peróxido de hidrogénio (água oxigenada) no leite cru de ovelha com que produziam os queijos, que foram apreendidos.

"A adição de água oxigenada tem como principal objetivo ocultar a má qualidade higiénica do leite", explicou fonte oficial da ASAE, citada pela agência Lusa.

Ao todo, foram conficadas 6.500 unidades de queijo, no valor de 35 mil euros.