Politica

PCP apresenta projeto de lei para reposição das indemnizações

Jerónimo de Sousa quer repor o que a "maioria de desastre" do PSD e CDS retirou aos trabalhadores

Jerónimo de Sousa anunciou hoje que o PCP vai apresentar um projeto de lei para a reposição dos valores das indemnizações devidas aos trabalhadores que foram despedidos sem justa causa. 

Durante o discurso num almoço-comício em Aveiras de Cima, Azambuja, o secretário-geral do PCP prometeu avançar "já, nos próximos dias na Assembleia da República, com um projeto de lei que visa repor os valores devidos por indemnização em caso de despedimento sem justa causa, que o governo anterior reduziu drasticamente".

Jerónimo de Sousa apelidou o executivo de Passos Coelho e Paulo Portas como uma "maioria de desastre" e culpabilizou-os pelas alterações que poupavam "milhares e milhares de euros" aos patrões ao facilitar os despedimentos dos trabalhadores.

"Os últimos indicadores revelam um crescimento económico a tocar nos 3%, que é importante do ponto de vista da recuperação económica do país que, lembre-se, parte de um patamar do PIB [Produto Interno Bruto] muito baixo", referiu o secretário-geral do PCP defendendo que é preciso "inverter o rumo desastroso a que PSD e CDS sujeitaram o país, nos últimos quatro anos".

No entanto, Jerónimo de Sousa deixou um alerta: "mas esse crescimento é de certa forma limitado pelos desequilíbrios que a economia revela - com o aumento do consumo, do investimento e das exportações têm aumentado também significativamente as importações" e acrescentou que "é preciso apoiar o aparelho produtivo e a produção. É preciso substituir importações pela produção nacional para permitir que este crescimento deixe de ser um elemento apenas de passagem, mas seja um elemento que se consolide no futuro".