Vida

Morreu a mulher mais pesada do mundo

A mulher mais pesada do mundo morreu hoje, segunda-feira, aos 37 anos


Eman Ahmed Abd El Aty, considerada a mulher mais pesada do mundo, morreu esta segunda-feira, aos 37 anos. Durante os últimos vinte anos da sua vida nunca saiu de casa, devido às limitações causadas pelo seu excesso de peso.

A mulher pesava 500 quilogramas, e ficou incapacitada e presa a uma cama durante vários anos. Ao longo destes últimos tempos enfrentou vários problemas como acidentes vasculares cerebrais, diabetes, hipertensão arterial, entre outros.

Eman estava internada desde abril, e morreu devido a complicações de doenças cardíacas e disfunção renal, segundo indica uma declaração médica hospital onde se encontrava internada.

O hospital avançou ainda, em comunicado, que a paciente estava a ser submetida a um tratamento intensivo, sublinhando que o seu estado de saúde tinha melhorado.

"Mas rendeu-se à luta contra a obesidade e hoje de madrugada morreu", é referido na nota do hospital.