Finanças

Défice até agosto baixa 1900 milhões de euros

O défice orçamental no período de janeiro a agosto recuou 1901 milhões de euros, quando comparado com os mesmos oito meses de 2016. 

O Ministério das Finanças, que avançou com os números, sustenta que para a evolução do défice contribuíram o aumento da receita de 4,3% e um crescimento da despesa de 0,4%.

No mesmo período saldo primário (que exclui os custos com o pagamento de juros da dívida) subiu 2087 milhões de euros para os 3734 milhões de euros.

Para a evolução da receita, o Executivo destaca a coleta fiscal do Estado, que está a crescer 6%, o dobro do ritmo esperado no Orçamento do Estado para 2017.

"A continuação desta tendência de melhoria dá confiança no alcance dos objectivos orçamentais definidos para 2017 ", refere a nota do Ministério das Finanças.