Politica

Assunção bloqueada pela EMEL

Uma carrinha da campanha do CDS foi alvo de multa municipal. Medina diz ser “normal”.

A candidata que quer mudar a EMEL (Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa) foi hoje multada pela própria.

Passava pouco do meia-dia quando uma carrinha da candidatura de Assunção Cristas foi bloqueada numa rua lisboeta, ironicamente, transportando uma mensagem que apelava a mais estacionamento em Lisboa.

Ontem, Cristas havia afirmado em campanha que os moradores de Lisboa “têm sido perseguidos pela EMEL”.

 Hoje, também em campanha, o presidente recandidato Fernando Medina comentou o sucedido: “Se estava mal estacionado, acho normal”.