Politica

Marcelo avisa que não votar nas autárquicas pode ser “um descuido imperdoável”

Presidente da República diz entender o cansaço em relação a alguns políticos e "personalizações excessivas". 

O Presidente da República pediu este sábado aos portugueses que se dirijam às urnas para votar nas eleições autárquicas, mesmo que estejam cansados de algumas figuras políticas e que nem toda a campanha tenha decorrido como o desejado. O importante, disse Marcelo Rebelo de Sousa numa mensagem ao país, “é ir votar amanhã”.

“Como cidadão, confio no vosso espírito de cidadania”, disse Marcelo Rebelo de Sousa num vídeo publicado este sábado no site da presidência da República. “Como Presidente da República confio no vosso amor à terra, seja ela natal ou adotiva. Que o mesmo é dizer: confio no vosso amor a Portugal.”

Marcelo, que na sexta-feira se viu envolvido numa disputa com a candidata do PSD à Câmara de Lisboa, Teresa Leal Coelho, desmentindo que alguma vez lhe tivesse dado apoio e desvalorizando um cumprimento na rua, reconheceu as “personalizações excessivas” e “o cansaço de alguns relativamente a alguma política e alguns políticos”.

“Mas é um erro generalizar juízos num período eleitoral que, genericamente, decorreu com sentido cívico”, disse o Presidente. “Como é um erro esquecer que o poder local é um dos fusíveis de segurança da nossa democracia”, prosseguiu. “Sem ele, como seria a resposta a necessidades báscias dos portugueses?”

E Marecelo lança um alerta: “Depois de tantos e tão difíceis anos de crise, e até de tragédias comunitárias como as que temos vivido, nós sabemos todos que não votar em eleições locais pode representar uma omissão incompreensíve, um descuido imperdoável, e, o que é pior, de efeitos largamente incorrigíveis”.