Cultura

Tony Carreira disponível para acordo nas acusações de plágio

Mas com uma condição.

Tony Carreira diz estar “disponível” para um acordo nas acusações de plágio com a condição de não ter de pagar nada à editora que apresentou queixa por plágio, escreve a agência Lusa.

O músico, que está acusado de 11 crimes de plágio, pediu a nulidade da acusação do Ministério Público mas diz-se disponível para o acordo.

Caso se conclua que há plágio, “o arguido António Antunes (Tony Carreira) mantém-se disponível para, assumindo também neste caso uma postura conciliatória e não litigante, considerar a proposta de suspensão provisória do processo, contanto a mesma não envolva o pagamento de qualquer quantia à CNM [Companhia Nacional de Música]”, diz o requerimento e abertura de instrução, citado pela Lusa.