LifeStyle

Musa. Um tap room de música, petiscos e, claro, cerveja

O Tap Room da Musa abre amanhã, dia 4 de outubro

Abriu de mansinho, para os lados da Brooklyn lisboeta mas mesmo assim já foram muitos a dar com ela. Agora, a Musa abre portas sem vergonha nem com licenças e numa festa com direito a música e muitos barris de cerveja dá por inaugurado o Tap Room.

Nesta espécie de extensão da fábrica, vai ser possível provar todas as Musas criadas nas máquinas que não estão escondidas do público, pelo contrário. O balcão e as mesas de madeira corridas têm vista privilegiada para onde a magia acontece.

Para já são entre 10 e 12 as cervejas em permanência, entre lagers, ales, todas receitas cozinhadas na fábrica. E tendo noção de que não falamos de um chope, estão a preparar uns petiscos para que não caiam em estômagos vazios. Serão poucos, mas bons, garantem, até porque a estrela aqui é a cerveja.  

Éme, Riding Pânico e Iguana Garcia são as bandas convidadas para inaugurar oficialmente o Tap Room da Musa. Para ajudar à festa, junta-se ainda Haus, Cuca Monga e Filho Único, responsáveis pela curadoria musical do futuro deste espaço que não serve só cerveja. As três “editoras/agências/associações culturais desenham esta primeira noite e outras tardes e noites, ao longo dos próximos seis meses”, explica a Musa.

A Musa sempre se apresentou como uma cerveja para pessoas que pensam “está-me mesmo a apetecer uma cerveja”. Se for o caso, a festa está marcada para esta quarta, 4 de outubro, a partir das 20h30. A cerveja, essa, não vai faltar.

 

Morada
Rua do Açúcar 83
Horário
domingo a quinta-feira, das 16h às 23h
sexta e sábado, das 16h às 24h00.