Politica

Santana: "Não reuni nem vou reunir" com Rangel e Montenegro

O Provedor da Santa Casa desmente que vá encontrar-se com os outros dois sociais-democratas 


Pedro Santana Lopes não reuniu nem vai reunir com Luís Montenegro e Paulo Rangel.

O i noticiou ontem que os três quadros do PSD, sendo os favoritos a herdar as bases de Passos Coelho, ainda que com proximidades distintas ao líder que não se recandidata, estariam em vias de se reunir precisamente para garantir que haveria uma candidatura única contra Rui Rio, de modo a não oferecer a vitória ao ex-presidente da Câmara do Porto, que anda no terreno há mais tempo. 

Santana Lopes, todavia, e após assumir na SIC Notícias que estaria a ponderar avançar para a liderança do partido ("obviamente"), desmente qualquer possibilidade desse encontro ocorrer, considerando a ideia "totalmente falsa". 

"Nem reuni nem vou reunir", assegurou o Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

Para Santana, a capa do jornal que trazia a notícia  "visa apresentar um candidato [Rui Rio] como o Popeye, tão forte que têm de ser três contra ele". 

"Táticas ridículas. Jornalismo indecente", conclui o ex-presidente da Câmara de Lisboa.