Desporto

Sem dinheiro, Boris Becker pondera vender troféus para pagar dívidas

Vencedor de seis títulos de Grand Slam, Becker tem dívidas avaliadas em 72 milhões de dólares

É um dos nomes mais conhecidos do mundo de ténis, mas agora volta a estar no centro das atenções por razões menos boas. Boris Becker está neste momento com dívidas de cerca de 72 milhões de dólares, motivo pelo qual o tenista pensa vender os troféus conquistados no torneio de Wimbledon, de acordo com o jornal britânico The Sun. 

Becker, vencedor de seis Grand Slams ao longo da carreira, sendo que metade das conquistas são no Major acima referido, tenciona amealhar mais de um milhão de dólares por cada troféu. Contas feitas, o vencedor de uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 1992, em Barcelona, pretende arrecadar, no total, quase quatro milhões de dólares. 

Uma publicação alemã avança ainda que o ex-tenista se vai desfazer de alguns bens, como relógios e propriedades de luxo para abater sobre o valor da dívida.

A falência do antigo número um mundial foi decretada por um tribunal britânico, após Becker não pagar um débito com o banco Arbuthnot Latham & Co.