Desporto

Ricardo Carvalho condenado a sete meses de prisão por fraude fiscal

Crimes foram cometidos em 2011 e 2012 e estão relacionados com a ocultação de receitas provenientes dos direitos de imagem

O internacional português Ricardo Carvalho foi esta sexta-feira condenado pelo tribunal de Madrid a sete meses de prisão por delitos fiscais cometidos em 2011 e 2012, anos em que estava ao serviço do Real Madrid.

Os crimes estão relacionados com a ocultação de receitas provenientes dos direitos de imagem.

Além da pena de prisão, o atual jogador do clube chinês Shanghai SIPG, que atuou pelos merengues entre 2010 e 2012, foi obrigado ao pagamento de uma multa de 142.822 euros.