Desporto

Presidente do PSG investigado pela FIFA

Em causa estão alegados subornos.


O presidente do Paris Saint-Germain está a ser investigado pela FIFA por alegados subornos relativos a direitos televisivos para os Mundiais de 2026 e 2030.

A FIFA anunciou esta quinta-feira a abertura de um processo criminal contra Nasser Al-Khelaifi. O presidente do PSG terá, alegadamente, oferecido subornos ao antigo secretário-geral da FIFA, Jerôme Valcke, para favorecer o grupo BeIN, detido por Al-Khelaifi, na entrega dos direitos televisivos dos Mundiais.

Jerôme Valcke já terá sido mesmo ouvido pelas autoridades e foram realizadas buscas nas suas propriedades e França, Grécia e Espanha.