Desporto

Ederson quer acabar a carreira no Benfica

Guarda-redes do Manchester City disse à imprensa brasileira que sonha voltar a Portugal

Transferido no último verão do Benfica para o Manchester City, Ederson Moraes já pensa no regresso à Luz. Noticia o jornal “A Bola” que, questionado pela imprensa brasileira sobre uma eventual despedida dos relvados no Brasil, o guarda-redes de 24 anos foi lacónico: “Quero acabar em Portugal, no Benfica”.

Recorde-se que Ederson chegou muito novo aos encarnados, proveniente do São Paulo. Depois de duas épocas a evoluir nas equipas de sub17 (2009/2010) e sub19 (2010/2011) do Benfica, o guardião brasileiro ainda jogou por empréstimo no Ribeirão (2011/2012) e no Rio Ave (2012/2015), antes de chegar à equipa principal dos campeões nacionais.

Pelo Benfica fez 58 jogos e conquistou quatro títulos – 2 Campeonatos, 1 Taça de Portugal e 1 Taça da Liga – antes de se tornar no segundo guarda-redes mais caro de sempre, saindo para a equipa de Pep Guardiola por 40 milhões de euros – um valor apenas superado pelo eterno Gianluigi Buffon, transferido em 2001 do Parma para a Juventus, a troco de 53 milhões de euros.

A ‘confissão’ de Ederson Moraes aconteceu no rescaldo da sua estreia pela seleção principal do Brasil, na última jornada da fase de apuramento da CONMEBOL para o Mundial da Rússia – vitória por 3-0 sobre o Chile.