Sociedade

PJ detém funcionária de lar de idosos que é suspeita de atear 9 incêndios

Uma mulher de 36 anos foi detida na freguesia de Barrosela e um homem de 56 também foi detido. Ambos vão ser presentes a tribunal. 
 

A Polícia Judiciária de Braga anunciou, esta sexta-feira, a detenção de dois alegados responsáveis por atearem incêndios florestais, nos concelhos de Viana do Castelo e Cabeceiras de Basto.

A PJ refere, em comunicado, que o incêndio em Viana do Castelo ocorreu esta quinta-feira, na freguesia de Barroselas, e que uma mulher de 36 anos, que é funcionária num lar de idosos, é a principal suspeita do crime.

Relativamente ao incêndio de Cabeceiras de Basto, o homem detido tem 56 anos e terá atuado “num quadro de consumo excessivo de bebidas alcoólicas e desavenças familiares”.

Os detidos vão ser levados a tribunal, para primeiro interrogatório judicial e aplicação das respetivas medidas de coação.