Internacional

Pescador angolano sobrevive a naufrágio dentro de uma arca

Pescador usou a arca como se fosse uma jangada


Um pescador angolano esteve dois dias numa arca de gelo, à deriva no mar, depois de o barco em que estava se ter afundado em Benguela, Angola. O naufrágio provocou ainda o desaparecimento de outros quatro marinheiros.

Segundo o Diário de Notícias, o barco de pesca saiu de Benguela na sexta-feira e no sábado, devido ao mau tempo, naufragou com cinco tripulantes a bordo.

O único sobrevivente, até ao momento, chegou à costa dentro da arca que utilizavam para conversar o peixe. Dentro da arca, foi remando até que, segunda-feira, chegou à aldeia de Egipto-Praia, a norte de Lobito.

A capitania ainda está à procura dos restantes quatro tripulantes que seguiam a bordo.

Os comentários estão desactivados.