Sociedade

ASAE apreende duas peças de marfim que estavam a ser vendidas por 75 mil euros

A apreensão das peças foi feita depois de ser investigado um anúncio publicado na internet.
 

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica – ASAE - através da Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal, realizou na semana passada, uma ação de fiscalização, no âmbito do comércio online de peças que estão protegidas ambientalmente.

Desta ação, que foi realizada em Lisboa, a autoridade informa,  em comunicado, que foi instaurado um processo de contraordenação pela venda de partes de espécies protegidas.

Foram então apreendidos dois dentes de marfim, que estavam a ser objeto de transação pelo valor de 75 mil euros.

Recorde-se que esta espécie está protegida ambientalmente pela Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies de Fauna e Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção.