Politica

Estado vai investir em biorrefinarias e centrais de biomassa

Delcarações do ministro da Economia durante o Conselho de Ministros

O ministro da Economia anunciou este sábado que o Governo vai avançar com a implementação de biorrefinarias, dando também continuidade ao desenvolvimento de centrais de biomassa. O objetivo é valorizar a recolha de resíduos florestais.

O plano para a implementação das biorrefinarias dependerá "essencialmente de fundos estruturais", explicou Caldeira Cabral, dizendo ainda que não é possível prever a verba que será disponibilizada para este projeto.

Quanto às centrais de biomassa, o ministro da Economia explicou que o seu desenvolvimento poderá “ter um investimento de cerca de 35 milhões de euros anuais, ao longo de vários anos". Caldeira Cabral garante que este modelo servirá como incentivo à valorização dos resíduos florestais, "criando assim uma capacidade de desenvolver um sistema de recolha, não apenas incentivos próprios dados a essa recolha, quer pelas autarquias, quer por empresas que o queiram fazer".

Caldeira Cabral falava numa conferência de imprensa durante o Conselho de Ministros extraordinário, que tem como objetivo discutir medidas que ajudem a prevenir os fogos florestais e que ajudem as vítimas dos incêndios deste ano.