Politica

Incêndios: Governo vai contratar mais 500 sapadores

Vai ser criado também um programa de voluntariado jovem

O ministro do Ambiente anunciou este sábado que serão investidos cerca de 20 milhões de euros no domínio da resiliência do território – entre as medidas elaboradas está um projeto de voluntariado jovem e a contratação de 100 equipas de sapadores e de 50 vigilantes da natureza.

Na conferência de imprensa que decorreu durante o Conselho de Ministros extraordinário, João Matos Fernandes explicou que foram tomadas quatro medidas no âmbito da resiliência do território. Uma delas foi a contratação nos próximos dois anos de 100 novas equipas de sapadores, o que corresponde a 500 pessoas – atualmente existem 292 equipas.

O trabalho de prevenção aos incêndios vai ser reforçado com a entrada de 50 vigilantes da natureza – 20 entram já no próximo dia 4 de novembro.

Outra das medidas é a replicação noutros parques nacionais do projeto-piloto da Peneda-Gerês – a área ardida nesta zona foi 60% inferior ao ano passado.

O mesmo responsável explicou que o Estado vai alocar três milhões de euros para a rede primária de defesa contra incêndios, um investimento que poderá ser “multiplicado” através de uma candidatura ao POSEUR - Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

Quanto ao projeto de voluntariado jovem, Matos Fernandes revelou que o Governo pretende envolver no próximo ano 10 mil jovens, com idades entre os 18 e os 30 anos, nesta iniciativa, cujo objetivo é sensibilizar esta comunidade para as questões relacionadas com a proteção da natureza.