Sociedade

Menos de 20% dos países assegura escolaridade universal até aos 12 anos

100 milhões de jovens não sabem ler 

Segundo o relatório da agência das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), divulgado esta terça-feira, 100 milhões de jovens não sabem ler e 264 milhões de crianças e jovens não frequentam a escola.

Menos de 20% dos países do mundo conseguem garantir escolaridade gratuita e obrigatória até aos 12 anos de idade.

Relativamente ao Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA), feito pela última vez em 2015, os alunos portugueses demonstraram melhores resultados nas áreas da matemática, leitura e ciências, ficando pela primeira vez acima da média da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE), segundo o relatório da UNESCO.

Este relatório destaca ainda a importância e responsabilidade dos governos garantirem e fornecerem uma educação universal de qualidade e que devem estar atentos a problemas educacionais que possam influenciar negativamente os alunos na sua aprendizagem.