Vida

Luis Figo reage a tragédia dos incêndios e faz donativo original

O antigo futebolista deu as suas sinceras condolências a todos os familiares das vítimas

Luís Figo manifestou o seu pesar perante os incêndios que deflagraram no dia 15 de outubro e apresentou as suas condolências a todos os familiares das vítimas.

No comunicado da Fundação Luís Figo, o jogador anunciou que em parceria com a Quercus irá doar mil árvores para serem plantadas no norte e centro do país. O objetivo é criar “bosques autóctones que ofereçam uma maior resistência à propagação dos incêndios e são melhores para amenizar o clima, promover a biodiversidade, proteger a paisagem, a água e os solos”.

De acordo com as autoridades, o dia 15 ficou maracado como o pior dia de incêndios do ano. Os fogos provocaram 45 mortos, cerca de 70 feridos e brigaram à evacuação de várias localidades.

Esta foi a segunda situação mais grave de fogo, depois da tragédia de Pedrógão Grande em junho deste ano.