Cultura

Casillas. A guerra ou a paz?

Espanhóis garantem que está tudo bem entre o guarda-redes e Sérgio Conceição.

De acordo com a Marca, jogador e treinador encontraram-se para esclarecer qualquer equívoco criado. "Reunião de profissionais para solucionar o problema e encontrar uma via de entendimento para que tudo volte à normalidade e o problema não acabe por prejudicar a equipa líder do campeonato português", refere o jornal.

Segundo a mesma fonte, o guarda-redes pode voltar à baliza do Porto desde que Sérgio Conceição entenda ser uma opção melhor do que José Sá. "O treinador quer que tudo seja exclusivamente um assunto desportivo", lê-se no artigo.

Esta notícia contradiz muito do que se tem escrito nas últimas semanas sobre a perda da titularidade do histórico guarda-redes espanhol. Há várias versões desde Casillas ter sido apanhado a usar o telemóvel em momento proibido pelo treinador, até à vontade da SAD do Porto em emagrecer as contas e aliviar a folha salarial em cinco milhões de euros já em Janeiro.

Um caso similar ao de Maxi Pereira que, este ano, raras vezes foi titular. No caso de Casillas, Sérgio Conceição fez questão de vincar nas diversas declarações produzidas de então para cá que se trata de opção técnica.

Na Gala dos Dragões, realizada esta quarta-feira à noite, Casillas e a mulher Sara Carbonero distribuiram sorrisos e o guarda-redes um "boa noite" aos jornalistas. Confrontado com a situação, assegurou que o companheiro está tranquilo. "Há uma decisão do treinador e não sou a pessoa certa para responder a isso. Casillas está muito bem", garantiu.