Politica

Capoulas Santos diz ter pena do "constante azedume" do PSD

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural terminou o debate com um apelo ao consenso

Na mensagem final do debate sobre o relatório da Comissão Técnica Independente, o ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural afirma ter "muita pena que o PSD insista nesta sua posição de constante azedume mesmo nestas circunstâncias".

O início da declaração foi interrompida pela bancada social-democrata que exigia ao ministro que pedisse desculpa aos portugueses.

Capoulas Santos afirmou que "não é possível evitar catástrofes no futuro sem que estas duas propostas avancem". O ministro relembrou que Marcelo Rebelo de Sousa tem apelado à criação de um pacto do regime e, "em nome do governo", apelou também "que pelo menos uma vez e perante um problema que a todos nos verga e nos envergonha seja possível aquilo que o país exige de nós" para que "tragédias como estas não voltem a acontecer", concluiu.