Internacional

Parlamento declara a independência da Catalunha

A resolução dos deputados da maioria parlamentar foi aprovada por voto secreto, sem a presença da oposição espanholista

O parlamento catalão aprovou há poucos instantes - por 72 votos a favor, 10 votos contra e dois votos em branco - a resolução que proclama a nova República da Catalunha.

"Constituir uma República Catalã como um Estado independente, soberano, democrático e social". Esta é fase chave da proposta de resolução entregue à mesa do parlamento catalão pelos partidos independentistas que apoiam o executivo autonómico de Carles Puigdemont, a coligação Juntos pelo Sim (JxSí) e a CUP (Candidatura da Unidade Popular).

Sob proposta do PPC e do JxSí, a votação da resolução de proclamação da nova República catalão por voto secreto foi aprovada com 71 votos a favor, oito contra e três abstenções. Nesta altura já não estavam presentes os deputados de Ciudadanos, Partido Popular da Catalunha (PPC) e Partido Socialista da Catalunha (PSC).

Tal como tinha afirmado, o grupo parlamentar do Ciudadanos abandonou o hemiciclo do parlamento catalão antes do começo da discussão da proposta de resolução do JxSí e CUP para a declaração unilateral de independência. Tal como os deputados socialistas da Catalunha.

Os deputados do PPC, ao contrário do que chegaram a dizer, mantiveram-se nos seus lugares no início da discussão, tendo coberto a sua bancada com bandeiras de Espanha e da Catalunha antes de deixarem a sala do plenário.