Internacional

Mariano Rajoy pede "tranquilidade"

Presidente do governo espanhol convocou conselho de ministros para o final da tarde

O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, reagiu à declaração unilateral de independência pelo parlamento catalão pedindo “tranquilidade” e garantindo que será restaurada a legalidade. 

“Peço tranquilidade a todos os espanhóis. O Estado de Direito restaurará a legalidade na Catalunha.”, escreveu o primeiro-ministro espanhol no Twitter. 

O parlamento catalão aprovou há poucos instantes - por 72 votos a favor, 10 votos contra e dois votos em branco - a resolução que proclama a nova República da Catalunha.

"Constituir uma República Catalã como um Estado independente, soberano, democrático e social". Esta é fase chave da proposta de resolução entregue à mesa do parlamento catalão pelos partidos independentistas que apoiam o executivo autonómico de Carles Puigdemont, a coligação Juntos pelo Sim (JxSí) e a CUP (Candidatura da Unidade Popular).