Desporto

Inglaterra. Guarda-redes é expulso por urinar em campo

O insólito incidente aconteceu aos 86 minutos num encontro da sexta divisão inglesa

Certamente, uma das expulsões mais insólitas na história do futebol. Aconteceu este fim-de-semana na sexta divisão inglesa, aos 86 minutos do encontro entre o Bradford Park Avenue e o Salford City, equipa que luta pela subida e que é propriedade dos antigos jogadores do Manchester United Nicky Butt, Paul Scholes, Ryan Giggs e Gary e Phil Neville.

Foi o guarda-redes do Salford City, Max Crocombe, o protagonista do bizarro momento. O neo-zelandês viu o vermelho direto e, a princípio, pouca gente percebeu o motivo da expulsão, dado que a bola não estava naquela zona do terreno. A explicação do sucedido acabaria por chegar pelo Twitter da equipa adversária: "Podemos confirmar que Crocombe foi expulso por urinar durante o jogo. Não estamos a brincar."

88: Red Card! Crocombe see red for something off the ball. No one has a clue what has happened. 1-2

— Salford City FC (@SalfordCityFC) 28 de outubro de 2017

87' - We can confirm that Crocombe has been sent off for urinating during the game. We are not joking. #greenarmy (1-2)

— Bradford Park Avenue (@BPAFCOfficial) 28 de outubro de 2017

 

Também através das redes sociais, Crocombe acabaria por pedir desculpa pelo incidente. "Gostaria de apresentar sinceras desculpas pelo incidente. Estava numa posição desconfortável e cometi um erro de julgamento que manchou uma grande vitória. A minha intenção nunca foi ofender ninguém, e gostaria de pedir desculpa a ambos os clubes, assim como aos adeptos de ambos os clubes. Não vai repetir-se", escreveu o guarda-redes de 24 anos.

pic.twitter.com/S6d0IxO8Az

— Max Crocombe (@Meeiix) 28 de outubro de 2017

 

Curiosamente, o fim-de-semana anterior também havia conhecido outra situação a envolver... urina. Esta deu-se na Série D italiana (quarto escalão do futebol transalpino) e envolveu Giovanni Liberti, médio do Turris.

De acordo com o comité disciplinar da federação italiana, o jogador de 21 anos terá urinado em direção ao setor visitante no Estádio Amerigo Liguori, no jogo com a Samese (3-3), ainda antes de entrar em campo, fazendo gestos obscenos e exibindo os órgãos genitais. Liberti foi castigado com cinco jogos de suspensão, mas o Turris negou os factos e prometeu recorrer do castigo.