Sociedade

Portugal no Top 15 de bullying juvenil

Relatório da organização da ONU para a infância analisou a violência sobre crianças e jovens em todo o mundo.

Portugal ocupa o 15º lugar nos países que têm mais relatos de bullying na Europa e na América do Norte, estando assim à frente dos Estados Unidos, isto de acordo com um estudo divulgado esta quarta-feira pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância – Unicef.

O documento "Um Rosto Familiar: A violência nas vidas de crianças e adolescentes" analisou a situação da infância em todo o mundo, face a este problema, utilizando dados oficiais de 2015 com o objetivo de mostrare que, no que se refere ao bullying, entre 31% e 40% dos adolescentes portugueses com idades compreendidas entre os 11 os 15 anos afirmaram ter sido intimidados na escola, pelo menos uma vez em menos de dois meses.

Portugal teve mais queixas do que os EUA, onde houve cerca de três quartos dos tiroteios em escolas registados no mundo, nos últimos 25 anos.

O estudo apresenta também uma análise pormenorizada sobre as diversas formas de violência sofridas, tanto por raparigas como rapazes, em todas as regiões do mundo.

"Só em 2015, a violência vitimou mais de 82 mil rapazes e raparigas nessa faixa etária", pode ler-se no relatório.