Politica

BE aprova o orçamento mas lembra que ainda há promessas para cumprir

Mariana Mortágua afirmou que, com base no compromisso feito com o governo, o BE vai "aprovar o OE na sua generalidade" mas acusa-o de ser "insuficiente".


Para o BE "a resposta deste orçamento é insuficiente face ao que é necessário e é insuficiente face aos compromissos que foram assumidos", afirmando que o partido não abdica desses acordos.

"O voto final do OE será a Assembleia da República que o vai decidir", afirmou a deputada acrescentando que sugestões de medidas para financiar políticas de justiça para quem tem rendimentos mais baixos, e para acabar com os cortes nos subsídios de desemprego para os desempregados de longo prazo.

"Há ainda outras promessas por cumprir nesta legislatura", afirmou.

Os comentários estão desactivados.