Politica

PSD traz a Caixa Geral de Depósitos ao debate

Duarte Pacheco acusa o executivo de Sócrates de ser os responsável pelos problemas financeiros do banco nacional

Duarte Pacheco acusou o governo de a única coisa "paupável" foi a ingessão de capital na Caixa Geral de Depósitos (CGD). Centeno respondeu que fizeram o que o governo anterior não conseguiu.

"A única coisa paupável foi a ingessão de milhões de euros na CGD para tapar as asneiras do Eng Sócrates e de Armando Vara", acusou Duarte Pacheco. O deputado social-democrata também acusou o OE de trazer "um grande aumento de impostos indiretos que compensa a descida dos impostos diretos" e de deixar de fora as empresas.

Centeno afirmou que "o que este governo fez [na CGD] foi algo que o anterior não conseguiu fazer, que foi capitalizar a Caixa para a colocar ao serviçõ dos portugueses e da economia". O ministro das Finanças acrescentou ainda que o "o crédito em Portugal tem de ser dado de forma mais conscienciosa, de forma a apoiar os projetos" mais benéficos para a economia do país.