Vida

Cientistas concluem que homens preferem sexo a comida

Um estudo da University College London concluiu que o cérebro masculino está programado para que os homens quando confrontados com a possibilidade de ter sexo ou comer, dêem sempre prioridade à actividade sexual.


Portanto, mais vale pôr de lado a ideia de que os homens se conquistam pelo estômago. Isto porque quando toca a sexo, a comida é a última coisa que preocupa a mente masculina.

Por outro lado, os neurónios femininos funcionam ao contrário e para elas o sexo é secundário.

Este é mais um estudo para adensar o controverso tema sobre como homens e mulheres encaram a sexualidade. Cientistas e feministas debatem a questão há décadas.

O estudo sugere que “o cérebro masculino tem tipos de neurónios que o das mulheres não tem, e vice-versa”, como explica Scott Emmons, um dos autores do estudo levado a cabo pelo Departamento de Genética e Neurociência na Albert Einstein College of Medicine, citado pelo The Telegraph.

Os comentários estão desactivados.