Sociedade

Homem aponta arma à cabeça de rececionista de hotel no centro de Lisboa

Entrou sem capuz e sem luvas e fez-se passar por cliente

Um assaltante entrou no Hotel Flamingo, na rua Castilho, em Lisboa, este domingo, por volta das 12h30, tendo apontado uma arma à cabeça da rececionista, exigindo que lhe entregasse o dinheiro da caixa.

O homem entrou no hall da receção sem levantar qualquer suspeita, como se fosse apenas mais um cliente, com a cara completamente destapada, e recebeu da funcionária ameaçada de morte dois mil euros da caixa.

A Polícia Judiciária está agora a tentar apurar se este homem, cuja imagem ficou registada pelas câmaras de vigilância, é o mesmo suspeito que terá usado o mesmo ‘modus operandi’ em duas residenciais, um banco e uma bomba de gasolina na Grande Lisboa.