Politica

Teodora Cardoso apela a que "transparência" seja "prioridade orçamental"

Presidente do Conselho das Finanças Públicas foi ouvida durante a comissão de Orçamento do Estado para 2018

Teodora Cardoso, presidente do Conselho das Finanças Públicas, deixou hoje um apelo às bancadas parlamentares para que considerem as transparência como "uma prioridade da política orçamental".

"Se há de facto área em que a transparência é fraca é nas empresas públicas", afirmou a presidente acrescentando que o Conselho das Finanças Públicas "não tem recursos" para averiguar essa questão porque a informação que dispõe apenas dos "dados que nos são fornecidos a nível orçamental".

Teodora Cardoso acredita que "a questão da transparência é um dos grandes problemas da política orçamental em Portugal", respondendo a uma questão levantada pela bancada do PS.