Sociedade

Mulher morre em tiroteio durante perseguição policial em Lisboa

Mulher que estava a circular na Segunda a Circular nada tinha a ver com a situação


Um assalto a um multibanco em Almada originou uma perseguição policial e um tiroteiro, na Segunda Circular, em Lisboa, tendo originado a morte de uma mulher que estava a circular naquela via e não estava relacionada com a situação.

Segundo o Correio da Manhã, dois homens, por volta das quatro da manhã, assaltaram uma caixa de multibanco em Almada e a polícia iniciou uma perseguição que passou pela ponte 25 de Abril e prosseguiu até à Segunda Circular. Foi aí que ocorreu a troca de tiros entre as autoridades e os assaltantes.

Durante o tiroteio a mulher foi atingida e acabou por morrer no local.

O caso está agora nas mãos da Polícia Judiciária.