Desporto

Federação Portuguesa de Futebol faz denúncia por alegada fuga de informação

A federação dirigiu a sua queixa à Polícia Judiciária e à Procuradoria-Geral da República 

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou esta quarta-feira que fez uma denúncia à Polícia Judiciária (PJ) e à Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre uma alegada partilha de documentos internos do organismo com pessoas externas.

A notícia avançada pela revista Sábado, conta que Pedro Guerra, comentador, terá recebido documentos internos da FPF, através de Horácio Piriquito, membro do Conselho Fiscal do Organismo.

“Por em causa poder estar a violação de segredo, a FPF denunciou o referido facto à Polícia Judiciária, disponibilizando-se para os procedimentos entendidos por convenientes", refere o comunicado da FPF.

A federação adianta ainda que decidiu remeter a queixa “por se tratar de eventual crime”, pedindo que se realize uma Assembleia.Geral para discutir e votar a proposta de destituição de “titular de órgão social da FPF, por violação grave de deveres estatuários”.