Desporto

Itália. Nápoles bate AC Milan (2-1) e foge na liderança

André Silva entrou ao intervalo, mas não conseguiu evitar a derrota dos rossoneri. Roma venceu dérbi com a Lázio e subiu para quarto

Itália. Nápoles bate AC Milan (2-1) e foge na liderança

O Nápoles superou o teste ante o AC Milan, vencendo por 2-1 e aumentando assim - ainda que provisoriamente - a vantagem em relação aos mais diretos perseguidores na Serie A. Os napolitanos somam agora mais quatro pontos que a Juventus e cinco sobre a Roma e o Inter de Milão - este trio, todavia, tem um jogo a menos.

A equipa do sul de Itália abriu o marcador aos 34 minutos, por Insigne, num golo que só foi validado após a intervenção do vídeo-árbitro: numa primeira instância, o árbitro assinalou fora-de-jogo, por indicação do assistente, mas acabou por voltar com a decisão atrás. Aos 73', Zielinski, que tinha acabado de entrar, fez o 2-0, com o Milan a reduzir apenas nos descontos, por Romagnoli. André Silva entrou ao intervalo, mas não evitou o desaire dos rossoneri, que podem cair este domingo para o oitavo lugar, caso o Torino vença na receção ao Chievo.

No dérbi da capital italiana, foi a Roma a levar a melhor sobre a Lázio, vencendo pelo mesmo resultado. Perotti fez o primeiro do jogo aos 49', de grande penalidade, com Nainggolan a aumentar a vantagem quatro minutos depois. Aos 72', Immobile reduziu para os visitantes, também de penálti, e devolveu a incerteza ao jogo. Acabaria, porém, com o resultado inalterado. A Roma ultrapassou assim os grandes rivais na tabela, subindo ao quarto posto, enquanto a Lázio - que contou com Nani a partir dos 58' - caiu para quinto.

Os comentários estão desactivados.