Química Industrial

CUF investe em Espanha

A CUF vai investir 55 milhões de euros numa nova fábrica de produção de cloro, soda cáustica, hipoclorito de sódio e ácido clorídrico em Espanha. O objetivo é reforçar a posição no mercado ibérico. 

"A área da indústria química do Grupo José de Mello celebrou um acordo com a Solvay com o objetivo de investir numa nova unidade de produção de cloro, soda cáustica, hipoclorito de sódio e ácido clorídrico na localização que esta multinacional química detém em Torrelavega, na região espanhola da Cantábria", revela a CUF em comunicado.

O propósito do investimento de 55 milhões de euros é garantir a aquisição de algumas unidades produtivas da Solvay, bem como a construção de uma nova unidade de produção de cloro com tecnologia de membrana.

Esta técnica, considerada como "a mais moderna e amiga do ambiente" já é a utilizada, há vários anos, pela CUF na sua fábrica de Estarreja, Portugal.

"Com este forte investimento em Espanha, a CUF reforça a sua posição de liderança no mercado ibérico de cloro e produtos clorados, cumprindo o desiderato de implementação da sua estratégia", salienta a empresa no comunicado.

A nova fábrica irá ter uma capacidade instalada de produção anual de 68 mil toneladas de cloro, o que permitirá à CUF dar continuidade à sua estratégia de ser um dos principais produtores ibéricos na cadeia de valor do cloro-álcalis.

Para além do investimento nesta fábrica, a empresa portuguesa assinou com a multinacional de origem belga um acordo para o arrendamento do solo industrial e outro  para o fornecimento de serviços.

 A Solvay garante a manutenção industrial e apoio de laboratório assim que a CUF coloque a funcionar a nova fábrica de produção de cloro com tecnologia de membrana, o que deverá acontecer até 2020.

A CUF é o maior produtor português no setor da química industrial. Atua nos químicos industriais (químicos orgânicos - anilina e derivados - e químicos inorgânicos - produtos cloro-álcalis) e dos materiais nano-estruturados. Tem complexos industriais em Estarreja, Coimbra e Pontevedra e exporta para a Europa Ocidental e de Leste, Brasil, África, Médio e Extremo Oriente e Austrália.